Industria de Fertilizantes será construída com investimento de R$ 700 MILHÕES no Brasil

Grupo vai investir R$ 700 MILHÕES em nova INDÚSTRIA de FERTILIZANTES no BRASIL

Projeto Greenfield vai ter 35.000 m² de Área Construída em um novo complexo industrial que terá 180.000 m² de Área Total.

Nova INDUSTRIA de FERTILIZANTES tem como objetivo adicionar mais R$ 500 MILHÕES em faturamento para o grupo no BRASIL.

Clientes InduXdata estão PARTICIPANDO de em todas as etapas, deste os estudos iniciais de viabilidade em de mais este grande INVESTIMENTO INDUSTRIAL totalmente validado no BRASIL e que vai estar OPERACIONAL no segundo SEMESTRE de 2025.


Na manhã desta sexta-feira (28/04/23), a equipe do InduXdata Field tomou café da manhã em conjunto com o COUNTRY MANAGER de um grande grupo multinacional do setor químico, ele confirmou todos os detalhes de um projeto greenfield de uma nova indústria de fertilizantes.

Neste encontro, confirmamos todos os detalhes do projeto com o Chief engineering officer do grupo multinacional, que vai coordenar todas as etapas construtivas deste novo complexo industrial, que deve estar operacional em 2025 e vai se juntar na lista de maiores empresas de fertilizantes no Brasil.

A região do país que vai receber o novo complexo industrial químico foi definido nesta semana, após muitos estudos e o complexo terá 35.000 m² de Área Construída em uma Área Total de 180.000 m².

O grupo multinacional está presente em quatro continentes do globo e atua em diversos setores industriais e também logística, possui navios de transporte de petróleo & gás e outras centenas de ramificações na indústria.

Clientes InduXdata estão participando das etapas finais dos estudos de viabilidade deste novo projeto greenfield, que será uma das maiores empresas de fertilizantes foliares do Brasil.

O CFO do grupo, também validou que o investimento está totalmente garantido com investimento direto com caixa próprio, e vão cobrir 100% do CAPEX do projeto, e a Vendor List para novos fornecedores também está ativa com o atual Coordenador de Supply Chain da empresa.

Industria de fertilizantes no Brasil

A equipe do BVMI confirmou com Mauro Osaki, Pesquisador da área de Custos Agrícolas do Cepea, que ao longo dos dois últimos anos, o mercado mundial de fertilizantes vem enfrentando muitos desafios.

Tais como a interrupção da cadeia de suprimentos por falta de produto (devido à pandemia de covid-19), a alta no preço do gás natural, o embargo econômico imposto pela União Europeia e Estados Unidos sobre Belarus (desde 2021) e – já há um ano – o conflito entre a Rússia e a Ucrânia.


Confira investimentos industriais em que clientes InduXdata FECHARAM contratos MILIONÁRIOS:


A consequência desses fatos – sobretudo da guerra no leste europeu – foi a valorização dos principais fertilizantes intermediários em importantes regiões de negociação.

Assim, o primeiro semestre de 2022 foi especialmente desafiador para agentes brasileiros na aquisição de fertilizantes, devido à importância da Rússia nesse mercado, aos gargalos logísticos e aos mecanismos de pagamentos comerciais, além das incertezas sobre a abrangência dos embargos econômicos do mundo sobre a Rússia.

Preços médios dos Fertilizantes

O BVMI também validou que os preços médios dos fertilizantes intermediários registraram fortes aumentos ao longo do primeiro semestre de 2022 frente ao mesmo período do ano anterior.

No entanto, no final do ano passado, já com a oferta do fertilizante ajustada, observou-se o recuo dos preços médios dos insumos, que voltaram a registrar os patamares de 2021.

No norte do Egito, a cotação média da tonelada de ureia no primeiro semestre de 2022 esteve 122% mais cara frente ao mesmo período de 2021.

Já em dezembro de 2022, o valor médio do nitrogenado caiu 6,7% frente ao mês anterior, sendo o menor desde agosto de 2021.

Para o fosfato negociado no porto do mar Báltico, o valor médio da tonelada do MAP (fosfato monoamonio) aumentou 77,9% no primeiro semestre de 2022 frente ao mesmo período de 2021.

Em dezembro de 2022, porém, o valor médio do MAP caiu 1,7% em relação ao mês anterior e voltou ao patamar de fevereiro de 2021.

A tonelada de cloreto de potássio se valorizou 227,7% no primeiro semestre de 2022 na comparação com o mesmo período de 2021, mas a cotação média no último mês de 2022 ficou 10,2% menor que a de novembro/22, sendo também a mais baixa desde agosto de 2021.


Confira investimentos industriais em que clientes InduXdata FECHARAM contratos MILIONÁRIOS:

ADUBASUL inaugura NOVA FÁBRICA com investimento de mais de R$ 15 MILHÕES


Preços médios dos Fertilizantes no Brasil

No Brasil, o cloreto de potássio ficou 150,7% mais caro no primeiro semestre de 2022 em relação ao mesmo período de 2021, enquanto a média em dezembro de 2022 foi a mais baixa desde julho de 2021.

Para o MAP, a cotação média desse fosfatado ficou 66,9% mais cara no primeiro semestre de 2022 frente ao mesmo intervalo de 2021. No encerramento de 2022, registrou-se o menor valor desde fevereiro de 2021.

É importante relembrar que o Brasil tem grande dependência externa de fertilizantes intermediários.

Em 2022 (dados até novembro), a quantidade de fertilizantes no mercado nacional somou 37,72 milhões de toneladas, 11,3% menos que no mesmo período de 2021, sendo que 86% desse volume foi importado, conforme dados da Anda (Associação Nacional para Difusão de Adubos).

Dentre os principais fertilizantes intermediários importados, destacam-se o cloreto de potássio, que representa, em média, 38% do total importado nos últimos cinco anos (2017-21); seguido pela ureia, com participação de 22%, do MAP, com 14%, do sulfato de amônio, 9%, e do nitrato de amônio, 6%.

Assim, a quantidade de cloreto de potássio importado pelo Brasil do Canadá somou 4,54 milhões de toneladas em 2022, volume 9,1% maior que o de 2021.

Alemanha e Israel enviaram 1,25 milhão de toneladas e 1,1 milhão de toneladas do insumo ao Brasil em 2022, com aumentos de 6,3% e de 14,1%, respectivamente, frente a 2021.

Por outro lado, a Rússia forneceu 3,1 milhões de toneladas de cloreto de potássio em 2022, queda de 13,7% frente ao ano anterior. Belarus foi responsável por fornecer 1,07 milhão de toneladas do insumo em 2022, menos da metade (queda de expressivos 55,3%) da quantidade do ano anterior.

No caso da ureia, os volumes importados pelo Brasil de Omã e da Nigéria cresceram 27,2% e 44,2%, respectivamente, de 2021 para 2022, enquanto o fornecimento do insumo por parte da Rússia caiu 17,7%.

No balanço, a quantidade total de ureia importada pelo Brasil em 2022 foi de 7,17 milhões de toneladas, queda de 7,9% em relação ao ano anterior.

Em 2022, em razão do conflito no leste Europeu a importação de fertilizantes pelo Brasil foi antecipada. Enquanto de 2017 a 2021, pouco mais de 70% do cloreto de potássio adquirido pelo Brasil foi alcançado em setembro, em 2022, as compras se concentraram até julho, quando somaram 71,4%.

O Brasil elevou a quantidade de cloreto de potássio adquirida do Canadá, Israel e Alemanha em 2022, mas reduziu as compras da Rússia e de Belarus.


Confira investimentos industriais em que clientes InduXdata FECHARAM contratos MILIONÁRIOS:

Após INVESTIMENTO superior a R$ 20 MILHÕES Grupo BRANDT inaugura sua NOVA FÁBRICA no BRASIL


Inteligência de Mercado Industrial

A equipe de campo do InduXdata, vem validando dezenas de novos projetos do setor da indústria de fertilizantes químicos em solo brasileiro, são vários CAPEX com investimentos em diversas regiões do País, desde novas fábricas, ampliações industriais, modernização de linhas fabris, aquisição de máquinas e equipamentos e etc.

São vários grupos nacionais e multinacionais do setor de fertilizantes, que possuem projetos em fase de estudos e com bilhões em caixa que estão gerando no decorrer de 2023 centenas de novas demandas industriais.

Este novo projeto greenfield possui a validação completa destas centenas de demandas industriais que devem ser personalizadas, dezenas de projetos em engenharia, montagem, instalação de máquinas e equipamentos exclusivos, automação industrial, robotização, caldeiraria, trocadores de calor e etc.


Confira investimentos industriais em que clientes InduXdata estão neste MOMENTO fechando contratos MILIONÁRIOS:

Grupo INDUSTRIAL confirma INVESTIMENTO de R$ 220 MILHÕES em NOVA FÁBRICA de FERTILIZANTES


Oportunidades da Industria Fertilizantes

Pandemia, guerras, instabilidades políticas, seja qual for o cenário, nada disso afeta os resultados de quem trabalha com inteligência real de mercado.

O dinheiro sempre está em movimento, e nossa metodologia é seguir o dinheiro, validar e criar oportunidades de vendas para todos os nossos clientes.

Atuamos no mercado industrial brasileiro há mais de 35 anos.

Nossos clientes, como planejado, em 2022 venderam mais de R$ 3,4 Bilhões em grandes projetos industriais, boa parte em projetos da industria fertilizantes.

Sua empresa ainda não vende para o mercado industrial com inteligência utilizando o InduXdata?

Seu concorrente que cresce dois dígitos em meio a crise com certeza vende, não curta o soninho dos perdedores!

Quer fazer parte deste seleto e inteligente grupo de empresas e entrar em contato no momento exato com quem tem dinheiro, um projeto e procura novos fornecedores industriais?

Solicite mais informações: InduXdata 2023.

Fonte: Artigo do BVMI e InduXdata Field com texto de Mauro Osaki – Pesquisador da área de Custos Agrícolas do Cepea

Dica de negócios 

A indústria nacional em 2023 tem investimentos (previstos) de R$ 3,1 TRILHÕES entre Projetos Greenfield, novos complexos industriais, expansão e atualização de suas plantas fabris e outros.

Clientes CityCorp, fecharam mais de R$ 311 MILHÕES em vendas industriais até a primeira quinzena de abril de 2023!

Eles já sabiam destes investimentos com antecedência, tinham em mãos quem eram as pessoas responsáveis pelos projetos, tem a mentoria personalizada de um manager com mais de 35 anos de expertise no mercado industrial, agilizando o contato assertivo (com os decisores).

Eles fecharam e estão fechando rentáveis negócios na cadeia de fornecedores formada para atender as necessidades de centenas de demandas para a instalação desta nova FÁBRICA que será uma das maiores empresas de FERTILIZANTES no BRASIL.

Este e mais de 18 mil investimentos industriais privados estão à disposição de nossos clientes ativos, através de um Big Data único. Conheça o InduXdata e venda com relacionamento, inteligência e rentabilidade no mercado industrial.

Dica de OURO 

O segundo semestre de 2024 começou, prepare sua EQUIPE COMERCIAL. Contrate o In Company: MasterClass Vendas Industriais. Leve para sua empresa no formato In Company Licio Melo, maior especialista em vendas industriais do País. Contrate para sua equipe um presencial exclusivo já aplicado In Company em dezenas de multinacionais na América Latina. Desenvolva seu planejamento comercial estratégico utilizando Inteligência Preditiva Comercial (IPC), acesse mais informações.

Dica de LEITURA

Compre para sua equipe A BÍBLIA DE VENDAS INDUSTRIAIS. Aprenda a vender com quem vende todos os dias no mercado industrial há mais de 35 anos.

Livro obrigatório para quem deseja entender como funciona de verdade o mercado industrial brasileiro, e obter resultados reais com crescimento em qualquer setor industrial. Compre agora seu exemplar, aproveite o FRETE GRÁTIS para todo o País.

Dica de LEITURA

Compre para sua equipe A BÍBLIA DE VENDAS INDUSTRIAIS. Aprenda a vender com quem vende todos os dias no mercado industrial há mais de 35 anos.

Livro obrigatório para quem deseja entender como funciona de verdade o mercado industrial brasileiro, e obter resultados reais com crescimento em qualquer setor industrial. Compre agora seu exemplar, aproveite o FRETE GRÁTIS para todo o País.